Trilha das piscinas naturais

Trilha das Piscinas Naturais

Numa das comunidades pesqueiras mais tradicionais de Florianópolis é uma pequena trilha terrestre que conduz a um dos recantos mais célebres da Ilha de Santa Catarina, hoje. Revitalizada recentemente, a Trilha das Piscinas Naturais, na Barra da Lagoa, é a principal porta de entrada, para muitos, de turistas a moradores, no Monumento Natural Municipal da Galheta. No antigo “Caminho da Coivara” revela-se, além de um belíssimo cenário litorâneo, onde nos remansos do costão rochoso surgem as “piscinas naturais”, uma paisagem cultural, fortemente, marcada pelo ser humano a séculos.

Apesar do nome as “piscinas naturais” da Barra da Lagoa caracterizam-se mais como áreas de remanso, em trechos de menor profundidade do mar, no costão da Ponta da Galheta. No principal deles um “esporão” formado por um conjunto de pedras permite banhar-se, maravilhosamente, observando as condições locais. Ondulações, ventos e até a altura da maré são variáveis importantes para adentrar, em segurança, no mar ao final da Trilha das Piscinas Naturais. Apesar da popularidade, não existe posto guarda vidas nem mesmo na alta temporada de verão. Logo, é preciso cuidado redobrado na água.

Trilha das piscinas naturais

Características

Próxima do início da Trilha das Piscinas Naturais a Prainha (do Leste ou da Barra) é um atrativo que por si só merece uma visita. Como em outros locais da Barra da Lagoa é possível observar nela oficinas líticas do período pré-colonial. Tais sítios arqueológicos e outros, como o das inscrições rupestres no pesqueiro “Pedras Altas” e o do sambaqui na Ponta da Vigia, são provas da grande popularidade da Barra da Lagoa, como um todo, desde séculos atrás. O número crescente de turistas ao longo do tempo mostra que sua notoriedade só tende a aumentar.

Apesar do belo cenário que salta aos olhos no “Lajão”, um afloramento rochoso próximo ao final da Trilha das Piscinas Naturais, a paisagem do atual Morro do Degolado remonta a quadro muito anterior à criação do Monumento Natural Municipal da Galheta, em 2016. Até não muitas décadas atrás a queimada, enquanto técnica agrícola para limpeza e preparo do solo antes do plantio, era muito utilizada na coivara. Com o uso do fogo, ao longo do tempo, o solo, por natureza, já pouco propício à agricultura, e sem a cobertura vegetal original, uma vez abandonado acabou colonizado por espécies exóticas invasoras.

As pequenas lavouras que durante séculos resplandeciam na Barra da Lagoa desapareceram. O “Caminho da Coivara” tornou-se a popular trilha das Piscinas Naturais. Mudou-se a paisagem cultural da Barra da Lagoa com a chegada do turismo. Com a revitalização da trilha, iniciada no ano de 2017, mais um passo foi dado no programa de controle de espécies exóticas invasoras local com a retirada de aproximadamente 5000 pinheiros americanos (Pinus spp.). Com isso espécies nativas da Mata Atlântica retomam, aos poucos, o seu devido lugar no cenário natural da barra mais famosa de Florianópolis.

Especificações técnicas

Início: ponte do Canal da Barra.
Final: Piscinas Naturais.
Trajeto: Barra da Lagoa (altitude: ±2 m) até as Piscinas Naturais (altitude: ±3 m) pela Trilha das Piscinas Naturais. Distância total aproximada: 830 metros. Duração estimada: 26 m.
Desnível 
total de subida: ±35 m e descida: ±34 m.

Compartilhe essa trilha com seus amigos
Share on facebook
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on twitter
Trilha das piscinas naturais
Trilhas

Trilha Das Piscinas Naturais

A trilha liga a praia da Lagoinha de Ponta das Canas à praia Brava, seguindo pelas encostas do morro do Rapa. Utilizada por pescadores e trilheiros, é repleta de elementos marinhos durante seu percurso. Destaca-se pelas vistas panorâmicas do extremo norte da ilha. Dica Floripa Hike: Fazer a trilha no sentido Brava-Lagoinha, aproveitando para descansar em um dos restaurantes locais contemplando as águas calmas da Praia da Lagoinha.

Leia mais »
caminho do rei
Trilhas

Caminho do Rei

A trilha liga a praia da Lagoinha de Ponta das Canas à praia Brava, seguindo pelas encostas do morro do Rapa. Utilizada por pescadores e trilheiros, é repleta de elementos marinhos durante seu percurso. Destaca-se pelas vistas panorâmicas do extremo norte da ilha. Dica Floripa Hike: Fazer a trilha no sentido Brava-Lagoinha, aproveitando para descansar em um dos restaurantes locais contemplando as águas calmas da Praia da Lagoinha.

Leia mais »
caminho da gurita
Trilhas

Caminho da Gurita

A trilha liga a praia da Lagoinha de Ponta das Canas à praia Brava, seguindo pelas encostas do morro do Rapa. Utilizada por pescadores e trilheiros, é repleta de elementos marinhos durante seu percurso. Destaca-se pelas vistas panorâmicas do extremo norte da ilha. Dica Floripa Hike: Fazer a trilha no sentido Brava-Lagoinha, aproveitando para descansar em um dos restaurantes locais contemplando as águas calmas da Praia da Lagoinha.

Leia mais »
Trilhas

Trilha do Morro do Rapa

A trilha liga a praia da Lagoinha de Ponta das Canas à praia Brava, seguindo pelas encostas do morro do Rapa. Utilizada por pescadores e trilheiros, é repleta de elementos marinhos durante seu percurso. Destaca-se pelas vistas panorâmicas do extremo norte da ilha. Dica Floripa Hike: Fazer a trilha no sentido Brava-Lagoinha, aproveitando para descansar em um dos restaurantes locais contemplando as águas calmas da Praia da Lagoinha.

Leia mais »
Trilhas

Trilha do Morro das Aranhas

Reconhecida, oficialmente, por lei no ano de 2018, a Trilha do Morro das Aranhas é hoje o principal acesso ao topo do antigo Morro das Flechas, de onde se vislumbra uma das vistas panorâmicas mais sensacionais de Florianópolis: um mar de água e dunas entre os morros verdejantes do norte da Ilha de Santa Catarina. Percorrendo, em parte, uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) a Trilha do Morro das Aranhas, apesar de curta em extensão, requer fôlego para vencer a declividade do pedregoso morro que separa duas das mais lindas praias da cidade: Santinho ao norte e Moçambique ao sul.

Leia mais »
Trilhas

Trilha do Poção

Na menor trilha de Florianópolis um dos tesouros naturais mais populares da Ilha de Santa Catarina: a Cachoeira do Poção. Situada no Parque Natural Municipal do Maciço da Costeira, ao final da pequenina Trilha do Poção, a cachoeira é conhecida pela sua encantadora piscina natural, a maior encontrada ao longo de todo o rio Córrego Grande. Concorrida nos dias de calor escaldante por sua sombra e água fresca, a Trilha do Poção também cativa pelo burburinho do pedregoso rio que acompanha quase todo o seu trajeto, com direito ao canto dos pássaros no alto do arvoredo.

Leia mais »