Caminho dos Pescadores (Trilha do Gravatá)

Reconhecido oficialmente por lei desde 2013 o Caminho dos Pescadores liga o Retiro da Lagoa à pequenina, mas também belíssima, Praia do Gravatá, a pérola do leste na Ilha. Seu trajeto, embora curto, revela-se pródigo de paisagens naturais percorrendo áreas de preservação permanente em meio à Mata Atlântica. Não obstante, ramais secundários do caminho ainda conduzem a mirantes naturais com visuais encantadores, embora nenhum deles com estrutura para visitação, como o da “Pedra do Urubu”, cuja vista da formosa Lagoa da Conceição e praias Mole e da Galheta deleitam os mais variados olhares.

Previous
Next

Características

Apesar do número crescente de turistas, principalmente no verão, a “Trilha do Gravatá” ainda hoje continua sendo até no nome, com justiça, o Caminho dos Pescadores. Embora o gado ainda possa ser visto, eventualmente, pelos pastos tomados pelo mato, as roças das antigas plantações se foram, permanecendo somente a pesca como atividade tradicional de longa data na região, seja da tainha que movimenta o simpático rancho de pesca na praia de areia fina, ou dos pesqueiros no costão da Ponta do Gravatá, como o buraco do sargo e o cantinho do pampo que fazem até hoje a alegria dos homens do mar.

O leito do Caminho dos Pescadores é largo permitindo até o presente a passagem de animais de carga, como cavalos de serão (espécie de balaio confeccionado de cipós e bambus usados ao par), utilizados no transporte, inclusive de víveres, durante a época da tainha. Do ramal principal, com trechos de chão batido e pedras, alguns fortemente erodidos, e outros de areão, partem trilhas como a que conduz a um conjunto de pedras com vista privilegiada do Retiro da Lagoa logo após a subida inicial do caminho. Já ao final dele são os sulcos das oficinas líticas nas pedras da praia que chamam a atenção.

Antes dos açorianos, navegadores europeus e até dos primeiros índios a pisar na região da Ponta do Gravatá, conhecida já há alguns bons séculos pela espinhosa Dyckia encholirioides (Gaudich.) Mez, as pedras, tomadas pelo abundante gravatá, seguiam o seu próprio caminho no tempo geológico até chegarem ao presente sob formas curiosas, como de onda, cabeça de tartaruga e outras, como no próprio Caminho dos Pescadores e no cocuruto da “Cabeça do Dragão”, como também é conhecida a ponta, repletas de caneluras de dissolução, que não fossem explicadas cientificamente bem que poderiam passar por autênticas obras bruxólicas.

Especificações Técnicas

Início: Retiro da Lagoa, Rodovia Jornalista Manoel de Menezes (SC 406), [referência número ou quilômetro].
Final: Praia do Gravatá.
Trajeto: Retiro da Lagoa (altitude: 37 m) até a Praia do Gravatá (altitude: 0 m) pelo Caminho dos Pescadores.
Distância total aproximada: 1,3 quilômetros.
Duração estimada: 54 minutos.
Desníveis de subida: ±68 m e de descida: ±102 m.
Condições específicas: sem acesso à água potável e grande parte do trajeto com exposição direta ao sol.

Trilha pelo trecho principal

Trilha pelo trecho secundário

Trilhas

Caminho da Costa da Lagoa

Percorre a orla oeste da Lagoa da Conceição até a comunidade tradicional da Costa da Lagoa. É um caminho secular que passa por sítios históricos, tais como ruínas, engenhos, sobrados e casarões, além de belíssimas paisagens. Destaque para gastronomia local. Dica Floripa Hike: Aproveite a parada na cachoeira, almoce em alguns dos restaurantes locais e volte de barquinho aproveitando um passeio completo.

Conheça essa trilha...

Receba novidades sobre as trilhas

morro do rapa
Trilhas

Trilha do Morro do Rapa

A trilha liga a praia da Lagoinha de Ponta das Canas à praia Brava, seguindo pelas encostas do morro do Rapa. Utilizada por pescadores e trilheiros, é repleta de elementos marinhos durante seu percurso. Destaca-se pelas vistas panorâmicas do extremo norte da ilha. Dica Floripa Hike: Fazer a trilha no sentido Brava-Lagoinha, aproveitando para descansar em um dos restaurantes locais contemplando as águas calmas da Praia da Lagoinha.

Conheça essa trilha...
Trilhas

Caminho do Morro do Lampião

O Caminho do Morro do Lampião é hoje o principal meio de acesso à Pedra do Urubu, um dos mirantes naturais mais populares de Florianópolis. Sua vista panorâmica abarca uma grande extensão do leste da Ilha de Santa Catarina com a linda Ilha do Campeche ao fundo. Embora curto em extensão não faltam atrativos ao caminho na forma de mirantes naturais em várias direções, o que torna a caminhada um verdadeiro deleite visual.

Conheça essa trilha...
Blog

Dicas para fazer trilhas

Caminhar em lugares incomuns para apreciar a natureza pode ser bastante divertido e prazeroso para os amantes de aventuras e desafios, mas vale lembrar itens básicos que o trilheiro deve observar para realizar as caminhadas com conforto e segurança.

Conheça essa trilha...